• Curso Online - Concurso Soldado da PM/BM-PR

    Assista nossas aulas via tablet, smartphone ou notebook, de quando e onde quiser, através do SomarPlay!

  • SuperCombo - Soldado PM/BM-PR

    Sistema exclusivo de ensino, com preços imperdíveis para matrículas realizadas até o dia de início do curso!

  • Tribunal de Justiça - PR - A Retomada

    - Provas confirmadas para o início de 2018!

    - Retome seus estudos já!

  • Polícia Civil do Paraná - Investigador e Escrivão
  • Início de Inscrição
  • Segundo semestre de 2017.
  • Término de Inscrição
  • -
  • Vagas (Cargos)
  • Investigador e Escrivão
  • Escolaridade
  • Nível superior em qualquer área.
  • Número de Vagas
  • 766 (Investigador) e 300 (Escrivão)
  • Data da Prova
  • Final de 2017.
  • Salários
  • Em torno de R$ 5.500,00. Com a aprovação do novo Estatuto, o salário passará a ser de R$ 8.000,00
  • Link do Edital
  • Não disponível no momento.
  • Organizadora
  • A definir.
  • Taxa de Inscrição
  • Entre R$ 100,00 e R$ 150,00.

  • Observações
  • Concurso PC PR paga inicial de R$ 5 mil!
    A Polícia Civil do Paraná (Concurso PC PR) publicou no Diário Oficial do Estado a proposta de abertura de um novo concurso público. Segundo a deliberação nº362/2017, podem ser oferecidas 766 vagas na 5ª classe inicial da carreira da PC de Investigador de Polícia (veja abaixo).

    O documento já foi aprovado pelo gabinete do delegado geral da corporação. Agora o próximo passo é a autorização do governo do Paraná para a seleção obter orçamento necessário para sua realização.

    Atualmente, investigador de polícia da 5° classe (inicial) possui subsídio de R$ 5.478,49. Já para escrivão e papiloscopista, o subsídio é fixo em R$ 5.752,41. Para se inscrever nestes três cargos é necessário nível superior em qualquer especialidade.

    O deputado Mauro Morais, presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Paraná, afirmou que o governo já autorizou a realização do concurso para cargos de escrivão.

    A assessoria de Moraes revelou que a autorização aconteceu depois de várias solicitações de concurso junto ao Governador Beto Richa e ao Delegado Geral da Polícia Civil, Júlio Cezar dos Reis. A intenção era abrir um certame para contratação de 300 novos escrivães.